sábado, 20 de janeiro de 2007

Mais uma grande vitória - e fora de casa

Diogo 21 - Lingrinhas F. C. 0 - 4
Data: 20-01-2007 às 22:25
MatchID: 104442757
Estádio: diogo 21 Arena
Assistência: 3361


3361 adeptos deslocaram-se neste dia de muito calor ao diogo 21 Arena. diogo decidiu usar uma formação 4-4-2. Neste encontro os titulares são: Patrício - Silva, Alcarva, Pombo, Lamego - Fortes, Madureira, Geléia, América - Abrunhosa, Moinho.

Pela disposição no terreno de jogo dos jogadores da equipa Lingrinhas, é visível um 4-4-2. Titulares: Pečenka - Jacinto, Faria, Gonçalves, Queirós - Falcés, Barbedo, Ascarza, Burigana - Barkovič, Chainho.

A equipa Lingrinhas optou pelo contra-ataque para tentar ganhar o jogo. Nas bancadas ouvem-se os suspiros de alívio. Após mais uma jogada pela esquerda, o jogador Peter Barkovič não conseguiu dar a liderança à sua equipa ao 8º minuto. Reinaldo Moinho da equipa diogo viu um cartão amarelo, ao minuto 20, após ter chutado a bola para longe, muito depois de o árbitro ter apitado para assinalar um fora de jogo. No 29º minuto, a equipa Lingrinhas quase se destacava no marcador quando Hélder Faria apareceu sozinho na direita do ataque. Mas Júlio César Patrício conseguiu defender mais uma vez. A equipa Lingrinhas teve várias boas oportunidades para se colocar na frente do marcador, especialmente ao 30º minuto quando Alberto Falcés surgiu isolado perante Júlio César Patrício, mas este conseguiu desviar o remate. António Jacinto da equipa Lingrinhas viu um cartão amarelo ao minuto 37 após um carrinho mais impetuoso, onde derrubou um adversário. O marcador mostrava 0 - 0 ao intervalo. Os quarenta e cinco minutos foram dominados pela equipa Lingrinhas com uns impressionantes 57% de posse de bola.

Depois de vários puxões de camisola o jogador da equipa Lingrinhas, Gian Domenico Burigana viu um cartão amarelo. No 61º minuto, a nítida falta de experiência de Laércio Geléia deu à equipa Lingrinhas a hipótese de marcar um golo, mas o guarda-redes segurou a bola nos braços. No 73º minuto, os visitantes Lingrinhas marcaram o 0 - 1 depois de Hélder Faria marcar um livre perfeito ao ângulo da baliza. No 77º minuto, uma jogada fenomenal do lado esquerdo libertou o jogador Patrício Gonçalves, da equipa Lingrinhas, para marcar mais um golo para os visitantes. O resultado é agora 0 - 2. Na marcação de um canto, Cristiano Queirós fez pontaria ao ângulo direito da baliza. O guarda-redes não segurou a bola, permitindo que o jogador Leonel Barbedo da equipa Lingrinhas marcasse o 0 - 3. Os adeptos da equipa da casa ficaram muito decepcionados quando o jogador Pedro Ascarza apareceu pela direita, rematando forte para a baliza. O remate indefensável resultou em mais um golo para a equipa Lingrinhas, ao 80º minuto, que agora está a ganhar por 0 - 4. Confiante da sua superioridade, a equipa Lingrinhas decidiu jogar de uma forma mais defensiva. Os jogadores da equipa Lingrinhas conseguiram levar a melhor na batalha do meio-campo com 58% de posse de bola.

No relvado, a jogar na equipa diogo, Carlos Silva fez uma exibição de encher o olho. Por outro lado, Laércio Geléia esteve em dia não. Patrício Gonçalves esteve simplesmente fabuloso na equipa Lingrinhas. Por outro lado, Pedro Ascarza fez um jogo para esquecer. O jogo chegou ao fim com o resultado de 0 - 4.

0-1 Hélder Faria (73)
0-2 Patrício Gonçalves (77)
0-3 Leonel Barbedo (77)
0-4 Pedro Ascarza (80)

segunda-feira, 8 de janeiro de 2007

Novo Mourinho

Parece que o novo Mourinho foi encontrado... Eu!?! Vejam bem o relatório do último Jogo no Hattrick no qual a nossa equipa "Lingrinhas F.C." esmagou a equipa adversária... estamos a subir e ninguém nos vai parar, ou não...
CF Boba - Lingrinhas F. C.CHPP

CF Boba - Lingrinhas F. C. 0 - 6

Ver jogo: HT Live
Data: 06-01-2007 às 22:25
MatchID: 104442749
Estádio: Boba Arena
Assistência: 1512


1512 adeptos vieram ao Boba Arena apesar da chuva. Boba decidiu usar uma formação 4-4-2. Aqui está o onze inicial: Fernandes - Teixeira Pinto, Claro, Cunha, Paulista - Soares, Abrantes, da Silva, Oliveira - Veloso, Ferrão.

O 3-5-2 é claramente a formação escolhida pela equipa Lingrinhas. O onze inicial é composto por: Pečenka - Aranha, Faria, Gonçalves - Burigana, Barbedo, Castrillón, Paixão, Lima - Silva, Barkovič.

A equipa Lingrinhas optou pelo contra-ataque para tentar ganhar o jogo. Ao minuto 15 os visitantes romperam pela direita depois de uma falha de marcação e Nélson Paixão empurrou para o 0 - 1. Eduardo Paulista ficou para trás no minuto 32 quando Miguel Ângelo Lima mudou de velocidade, o que lhe permitiu marcar com um belo remate cruzado. 0 - 2! A equipa Lingrinhas trabalhava bem no lado esquerdo, criando várias oportunidades para aumentar a vantagem, mas por algum motivo não conseguia finalizar. Alfredo Cunha da equipa Boba viu um cartão amarelo ao minuto 38 após um carrinho mais impetuoso, onde derrubou um adversário. A equipa Lingrinhas fez uma substituição aos 39 minutos. Miguel Ângelo Lima com suspeita de rotura de ligamentos deu o seu lugar a Cristiano Queirós. Nélson Paixão aumentou a liderança dos visitantes dando o melhor seguimento a um passe da direita. 0 - 3! No final da primeira parte o resultado é 0 - 3. Lingrinhas teve maior ascendente nesta parte, com 78% de posse de bola.

Decorria o minuto 64 e o jogador Cristiano Queirós da equipa Lingrinhas atingiu por trás, de forma maldosa, um adversário. O árbitro não teve outra opção senão exibir-lhe o vermelho directo. Os adeptos da equipa da casa ficaram muito decepcionados quando o jogador David Silva apareceu pela direita, rematando forte para a baliza. O remate indefensável resultou em mais um golo para a equipa Lingrinhas, ao 68º minuto, que agora está a ganhar por 0 - 4. Lingrinhas esteve perto de aumentar a liderança quando Peter Barkovič disparou uma bomba do lado direito, mas o remate foi para as malhas laterais. Um pontapé de canto a favorecer a equipa Lingrinhas criou muitas dificuldades à defesa contrária, no meio da confusão Gian Domenico Burigana, conseguiu empurrar para a baliza contrária. 0 - 5. A equipa Lingrinhas começa a circular o esférico entre os seus jogadores, de forma a defender o resultado. No 77º minuto do jogo, o jogador David Silva da equipa Lingrinhas demonstrou a sua velocidade, passando o seu adversário e passando a bola a Peter Barkovič que marcou o 0 - 6. A equipa Lingrinhas dominou o jogo com 90% de posse de bola.

No relvado, a jogar na equipa Boba, Renato Veloso fez uma exibição de encher o olho. Por outro lado, Eduardo Paulista fez um jogo para esquecer. No relvado, a jogar na equipa Lingrinhas, Patrício Gonçalves fez uma exibição de encher o olho. Contudo, David Silva nem se viu em campo. O encontro acabou com 0 - 6 no marcador.



MOMENTOS DO JOGO

0-1 Nélson Paixão (15)
0-2 Miguel Ângelo Lima (32)
0-3 Nélson Paixão (40)
0-4 David Silva (68)
0-5 Gian Domenico Burigana (75)
0-6 Peter Barkovič (77)

domingo, 7 de janeiro de 2007

I'm Back

Pois é, a quadra natalícia é complicada. Família, presentes, jantares, almoços, lanches, mais presentes, mais comida e é assim. Não temos tempo para nada. Isto só depois dos Reis é que se consegue chegar perto do computador. E tal como tinha prometido, cá vai a minha primeira imagem no Carbon.


Nota: ISto é suposto dar pra tirar fotos durante o jogo... ainda não sei é em que fotografo é que ficam 'reveladas'...

quinta-feira, 21 de dezembro de 2006

É natal

Eu não sei é da época natalícia, se anda tudo a comprar presentes, se sou eu que não tenho mais nada que fazer... mas... SÓ EU É QUE JOGO NESTE BLOG?! O clan está muito fraquinho... e eu é que sou o Lingrinhas...

Ai se não dava

Pois é... estava eu aqui a gozar com o Cegueta por causa do Carbon e chego a casa... instalo... 5GB... mais coisa menos coisa... demora um bocadinho... "ah... agora é que vai ser"... duplo clique... e...

imagem ilustrativa, não corresponde ao erro ocorrido


Não pode... restart... novo duplo clique... e novo ecrã azul... sim senhor... rico serviço... e agora como é que eu vou dizer isto ao Cegueta... "pah... isto afinal também não corre no meu"... vou ser gozado durante um ano pelo menos.

Ná... tem de haver uma solução. Google! Nunca me falhou... paginas práqui foruns prácolá... et voilá

A minha placa gráfica é uma ATI Mobility X1600 256MB instalada num portatil Asus. Resultado, a ATI não faz drivers que suportem directamente este fabricante e o fabricante nao actualiza os drivers convenientemente (mais ou menos isto). Solução:

Sacar os drivers Catalyst para as ATI (versão desktop)
http://ati.amd.com/support/drivers/xp/radeonx-xp.html

Sacar um programa que modifica alguns ficheiros do driver Catalyst de modo a suportar as Mobility
http://www.driverheaven.net/modtool

...seguir as instruções... e... temos Jogo. Já está a bombar e livrei-me de um ano de gozo certo... amanhã ponho aqui umas fotos do carro que escolhi... posso dizer que estou na classe dos Exóticos.

terça-feira, 19 de dezembro de 2006

Don of NYC


O respeitinho é muito lindo. Principalmente para com o Don de Nova Iorque.

Depois de 27 horas de jogo cheguei ao fim. Está muito bom. Deu alguma luta e principalmente envolve-nos no ambiente da família Corleone. É pena que já tenha acabado.

Depois disto quase que dá vontade de instalar o Mafia... só para relembrar e continuar com no espírito mafioso... talvez...

E agora de volta ao MOHPA...

segunda-feira, 18 de dezembro de 2006

Don


Finalmente. Don. Até tenho pinta para o cargo. Já só falta um degrau para chegar ao topo da hierarquia.

domingo, 17 de dezembro de 2006

Barzini

Os Barzini também já marcharam. Agora é só limpar uns armazéns que teimam em resistir e chego a Don.

sábado, 16 de dezembro de 2006

Cuneo

E vão três.

sexta-feira, 15 de dezembro de 2006

Stracci

Os Stracci foram à vida.

quinta-feira, 14 de dezembro de 2006

Underboss

Ora cá estou eu, a prestar o devido cumprimento a Don Michael. Trabalhei bem, que é como quem diz, limpei o sebo a bastantes mafiosos (das outras famílias claro está) e como tal mereço o respeito do Don. E assim sendo ele promove-me a Underboss. Isto merece um guarda-roupa novo.

Agora o que há a fazer é simples: eliminar as restantes famílias.

Nada mais fácil. É só entrar por três 'compounds' de tommy (nível 2, que eu não brinco em serviço) em punho, desatar aos tiros e meter uma bomba em cada edifício guardado por uma centena de mafiosos desejosos de me acertar com uma bala ou duas.

Se fizer isso chego a Don. Parece-me justo...

quarta-feira, 13 de dezembro de 2006

Lista de espera

Neste fim de semana fui a casa de um amigo meu. Ali o Cegueta. Amostra do diálogo:
- Então pá e tal... o que é que tens jogado? Já jogas coisas em condições ou ainda não?
- Oh nem me digas nada... comprei o Carbon e não queres lá ver? O meu computador é muito pujante para aquilo. Fica o ecrã todo preto.
- Pois... isso deve ser da placa gráfica... deve ter memória a mais...
- É isso de certeza... eu ainda perguntei ao gajo pra que era tanto mega quando a comprei... mas ele queria era vender...
- Pois... é sempre assim... e agora o que é que vais fazer ao jogo? Não vais trocar pois não? Um jogo tão bom... até deve correr no meu computador e tudo...
- É pá se quiseres leva-o... já que eu não vou jogar e não... pelo menos para já... enquanto não arranjar uma placa gráfica mais fraca...
- Pois é melhor eu levá-lo é... obrigadinho.



E pronto. Mais um para engrossar a lista de espera.

terça-feira, 12 de dezembro de 2006

Capo

Com a chegada de Michael muitas mudanças ocorrem, Don Vito Corleone vai dedicar-se à agricultura, o consiglieri Tom Hagen vai à vida dele e eu sou promovido.

A minha carreira não está a correr nada mal. Se trabalhar bem e merecer a confiança do agora Don Michael Corleone chego a 'Underboss' rapidamente. Isto merece uma comemoração. Acho que vou comprar uns óculos.

quarta-feira, 6 de dezembro de 2006

A última missão

Calma, não é a última missão do jogo... é a última missão de Santino, mais conhecido como Sonny Corleone. Depois desta missão em que eu e o Sonny limpamos um armazém, o Sonny sofre a famosa emboscada na portagem. Infelizmente não cheguei a tempo (como era de se esperar, senão fugia ao argumento).

Depois disto, Don Vito Corleone reúne os chefes das 5 famílias para negociar a paz. Agora sim, Michael Corleone pode regressar da Sicília em segurança.

Nota: era pra colocar aqui uma imagem mas o blogger não deixa...

Adenda:

Como devem ter reparado o blogger já deixou inserir a imagem. Como tal aproveito e coloco já outra. Esta:

O que se vê aqui é basicamente uma Magnum modificada (nível 2, nem quero imaginar a de nível 3) o que esta arma faz aos mafiosos é simplesmente aterrador (para eles claro está). É a mesma coisa que usar a 'Shotgun' mas à distancia. Cada tiro, cada mafioso prós anjinhos. É caso para dizer:
- Go ahead punk... make my day

terça-feira, 5 de dezembro de 2006

Será de vez

Já lá estamos (outra vez)... já temos a nossa equipa no jogo online mais jogado de todos os tempos (se não for verdade, façam de conta).

Depois de uma primeira tentativa frustrada (também foi só para estudar o jogo) devido a excesso de gastos e termos entrado em Banca Rota, agora esperamos ser de vez, e que nos consigamos manter no Hattrick durante muito tempo.

Realizamos o primeiro jogo amigável e perdemos por 3-1, nada de estranhar devido aos péssimos jogadores que nos foram atribuídos, mas depois de umas contratações bem estudadas e elaboradas, vencemos o segundo jogo amigável por 5-0 (com um hattrick do fabulosos avançado de seu nome ?Peter Barkovič?

Peter Barkovič (135684548)
20 anos, razoável estado de forma, saudável
É uma pessoa controversa, temperamental e decente.
Tem um desastroso nível de experiência e é um terrível líder.

Nacionalidade: Slovenija
TSI: 230
Ordenado: 816 €/semana incluindo um bónus de 20%
Clube: Lingrinhas F. C.
Cartões: 0
Lesões: Saudável

Resistência: terrível
Guarda-Redes: desastroso
Criatividade: terrível
Assistências: mau
Ala: terrível
Defesa: mau
Finalização: bom
Bolas Paradas: fraco


O próximo jogo trata-se de outro amigável (amanhã às 21:45) e é com uma equipa de uma divisão acima, o que se trata de uma prova de fogo para a 1ª Jornada que é Sábado pela mesma hora...

Vamos dando notícias sobre o nosso andamento, e caso isso não aconteça, então é porque estamos mesmo muito mal e temos vergonha de de vos retratar as nossas faculdades como treinadores...

Ah, já me esquecia, o nome da equipa é Lingrinhas F. C.

segunda-feira, 4 de dezembro de 2006

Carta ao Pai Natal


Já pedi ao Pai Natal o Black & White 2. Depois de ter jogado o primeiro Black & White (e nunca o ter acabado, diga-se) já há algum tempo que queria jogar o segundo. Aproveitando a época natalícia, já fiz o respectivo pedido. Pode ser que tenha sorte.

O conceito do jogo está muito bem conseguido. Basicamente controla-mos a mão divina no mundo (ou algumas ilhas vá lá). O problema, ou não, é que não somos a única divindade à face da terra e como tal temos de conquistar o nosso lugar no "Olimpo". Esta era a tónica no primeiro jogo da série. Pelos screenshots que vi a sequela introduz algumas novidades. Depois conto...

sexta-feira, 1 de dezembro de 2006

Brooklyn


Brooklyn é o bairro que os Tattaglias controlam... mas não durante muito mais tempo. Já só lhes resta o 'compound' e mesmo isso não vai durar muito. Vão ser a primeira família a ir à vida... ou deverei dizer à morte? Ah ah ah ah ah (riso maquiavélico)!

quinta-feira, 30 de novembro de 2006

Soldier


E cá está! Já faço parte da família. E quem me dá a notícia? Don Vito Corleone himself. Quanta honra... Godfather. E pronto. Subo de posto. Soldado. Agora o respeitinho é bastante superior. O melhor mesmo é mudar a fatiota.

Um lencinho tipo coiso. Uma barbicha e venham eles que eu não tenho medo de ninguém.

Ainda não tinha dito. Mas Litle Italy já cá canta novamente. Um arraial de porrada nos Tattaglia no armazém que me pertencia, e volta tudo ao normal.

Agora é dar cabo de mais uns camiões de transporte, oferecer os serviços de protecção dos Corleones a mais uns comerciantes, limpar o sebo a um ou outro mafioso que cague fora do penico e prosseguir com a normalidade do dia a dia.

quarta-feira, 29 de novembro de 2006

Isto promete e de que maneira

Isto promete